Curtindo Nova York

O dia começou nos surpreendendo. A previsão do tempo no início da semana dava máxima de 23 graus pra hoje, e o dia começou já nos 23, com a temperatura subindo a cada hora. Lógico que adoramos a surpresa, principalmente eu, que tinha trabalhado durante os dias lindos e estava chateada que ia pegar um final de semana ruim. Fomos andando do apartamento pela 48th St até a 5a Avenida e de lá, caminhamos no sentido sul/downtown até a 42nd St. Fizemos umas comprinhas na Zara que fica ali na esquina e prosseguimos para o Bryant Park que fica atrás da Biblioteca de Nova York em frente a Zara. Eu adoro esse parque e as árvores lindas que tem lá (atenção quem vai com criança, além do gramado pras crianças brincarem, tem um carrossel lindo e um rink de patinação no gelo no inverno), mas passamos rapidinho porque o nosso destino era a Times Square.



Meus pais ainda não conheciam a Times Square então tínhamos que levá-los lá dessa vez. Fomos andando pela 42nd até a Broadway, na esquina sul da Times Square onde fica a Walgreens gigante. Eu ainda não tinha ido a Times Square depois que fecharam parte da Broadway para o trânsito e achei bem legal a área para pedestres com as mesinhas na rua. Também não tinha visto o jumbotron da Forever 21 que filma todo mundo que está passando na frente, a gente estava andando e reparando que um monte de gente dava tchau pro outro lado da rua, e aí ficamos procurando onde aparecíamos na filmagem. Engraçado como junta gente pra ver! Nós não tínhamos muito tempo então não entramos no paraíso infantil que é a loja da Toys’R’Us gigantesca que tem na Times Square, e nem nas igualmente atraentes M&M’s World e Hersheys Times Square que ficam na 48th em esquinas opostas. Eu sabia que se entrasse em qualquer uma delas a Julia não ia querer sair tão cedo…






De lá pegamos um táxi pra casa da Monica, pra ir a festinha de aniversário da Luna. Julia foi toda contente rever a amiga e chegando lá foi logo se metendo no parquinho de água de roupa e tudo (a Luna já estava lá se molhando). Depois que ela se molhou veio reclamar que queria trocar de roupa, menina fresca ;-) Troquei e ela não quis mais se molhar, foi uma pena porque perdeu a bagunça que as crianças fizeram na água a festa toda. Ela ficou brincando no parquinho e pelas beiradas da água. Eu fiquei de “fotógrafa oficial” pra Monica e o Sergio poderem cuidar das comidas e bebidas. No final da festa o Sergio e o Gabe resolveram brincar com as crianças de correr atrás delas e depois elas correrem atrás deles. A criançada derrubava os dois no chão e fazia pilha em cima, se acabando de rir. Logicamente eles ficaram muito mais cansados de correr atrás deles do que as crianças, que continuaram brincando na mesma animação de antes…ficamos lá até quase 7 da noite, nos despedimos e ainda fomos fazer o nosso último passeio do dia.






Resolvemos ir até o Top of the Rock, que é o observatório no topo do GE building, um dos prédios do complexo Rockfeller Center que o Riq sempre recomenda ao invés do Empire State. Eu e Gabe já tínhamos subido até o topo do Empire State na nossa primeira viagem a NY, então claro que tínhamos que conferir o Top of the Rock dessa vez. Uma pena que não ficamos de olho na hora durante a festa e acabamos chegando logo depois do pôr-do-sol. Julia já subiu dormindo no carrinho. A vista lá de cima é bem legal mesmo, principalmente porque você fica cara-a-cara com o Empire State iluminado. Estava uma lua cheia lindíssima, pena que eu não estava com o meu tripé pra tirar uma foto na hora que a lua apareceu, avermelhada, no céu.




Saímos de lá com fome e dando uma olhada rápida na app do Yelp escolhi o La Bonne Soupe pro nosso jantar, um restaurantezinho francês simpaticíssimo na 55th St. Chegamos lá e a única mesa que dava pra gente sentar com o carrinho da Julia aberto estava vaga (ela ainda estava dormindo) então foi perfeito. Eu e Gabe comemos crepes deliciosos com salada (eu comi o Forestière de presunto, cogumelos e queijo e ele o Fermière de queijo de cabra e alho poró) , meu pai comeu uma Brandade de Bacalhau que ele amou, e minha mãe escolheu o special da sopa: por $18 você come uma salada, uma sopa, uma sobremesa e bebe uma taça de vinho (ou cerveja, refrigerante ou café). Ela escolheu a sopa de cebola e adorou. Todos satisfeitos fomos andando pro apartamento, curtindo a cidade e o último dia de calor. A temperatura já começou a cair…


Roteiro dia-a-dia:
Dia 1: New York, New York
Dia 2: Explorando o Central Park
Dia 3: Museu de História Natural e Central Park
Dia 4: Curtindo Nova York
Dia 5: Despedida de NY em cinza

Pronto para fazer as suas reservas?
Reserve o hotel comigo pela parceria do blog com o Booking.com: veja todos os hotéis em Nova York.
Para comprar o CityPASS de Nova York comigo, clique aqui.
Veja diversas opções de passeios e transfers em Nova York com o parceiro Viator.com.
E se for precisar de carro para alugar, somos parceiros do Rentalcars.com, que é do mesmo grupo de empresas do Booking.com e tem os melhores preços.
Se tiver alguma pergunta, é só entrar em contato comigo. Muito obrigada!

Comments

  1. Amanda says

    Luciana,

    Falando em app, você tá usando bastante o TripDoc?

    Eu baixei a versão free e depois comprei, mas ainda não fiz minha primeira viagem com ele, então não testei.

    Beijos!

  2. says

    Lu, depois de tanta bagunça acho que todas as crianças devem ter feito a mesma coisa assim que sairam de lá hahaha recebi umas 3 fotos das amiguinhas assim, desmaiadas, uma delas no assento do metrô!
    Bjs e adoramos a visita, e as fotos hehehe

  3. says

    Sut-Mie, as crianças amam esses parquinhos, o bom é que tem vários deles espalhados pela cidade!

    Amanda, não, eu tenho usado uma app chamada MyPlace, que mencionei no post da viagem a San Francisco. O motivo é que eu normalmente faço os meus roteiros usando o Google Maps, e eu posso importar o mapa direto pra essa app!

    Monica, eu fiquei surpresa que ela não desmaiou mais cedo, hehe ;-) Haja energia! Ano que vem a gente volta!

Leave a Reply