Greenwich com velhos (e novos) amigos

Acordamos destruídos depois de ir dormir super tarde e saímos do hotel pra encontrar com a Letícia, o Mirco e a Carolina depois do desencontro da noite anterior e o Hiro, a Bárbara e o Jonas, pra pegarmos todos o barco para Greenwich, cidadezinha onde fica o famoso meridiano marco 0 que divide o oriente do ocidente.

O passeio de barco é legal mas além do tempo ruim nós mal olhamos pra fora: estávamos as três de olho nas crianças que estavam brincando juntas. A Letícia eu já tinha encontrado no Rio em agosto passado, a Bárbara ainda não conhecia pessoalmente. Ficamos batendo o maior papo sobre maternidade e filhos invariavelmente.

Chegamos em Greenwich e encontramos com a Lelei e o namorado dela, e como estávamos com fome, fomos ao Greenwich Market, um mercadinho muito simpático que tem barraquinhas vendendo comida de todos os tipos. A barraca brasileira estava vendendo só churros e apelamos pra barraca portuguesa, que tinha os salgadinhos que a gente estava procurando: coxinhas, risoles, empadinhas, tudo bem gostoso. Depois dos salgados nos rendemos aos churros brasileiros feitos na hora, muito bons! A Helô nos encontrou no mercadinho e participou da comilança.

De lá fomos andando para o Observatório de Greenwich, mas ainda fizemos alguns detours. A Flávia com o marido e a filha, Victoria, apareceram e como ainda não tinham comido, foram almoçar. A Lelei e o namorado se despediram, e o resto do grupo prosseguiu por dentro da Universidade de Greenwich, passando pelo Museu Marítimo até finalmente chegar ao topo do Observatório. Quando estávamos lá em cima a Adriana se juntou à turma. Tiramos as fotos de praxe com um pé em cada hemisfério, apreciamos a vista bacana lá de cima e fomos descendo pra pegar o barco de volta. A Flávia e a Victoria se juntaram ao grupo, estávamos todos indo para o Victoria & Albert Museum of Childhood.

Batemos o maior papo no barco novamente, o pessoal que não se conhecia ainda descobrindo que já lia o blog um do outro, a Victoria, a Julia e a Carolina brincando, mas demorou razoavelmente até chegarmos a parada que queríamos. Na verdade a gente deveria ter ido de Greenwich para o V&A Childhood de metrô e não de barco pra ser mais rápido, mas tínhamos comprado o ticket de ida e volta do barco sem pensar nesse detalhe.

Quando chegamos ao V&A Childhood já estava faltando pouco pra fechar. É um museu simpático, de brinquedos, e tem várias relíquias interessantes por lá. Como chegamos tarde não tinha mais nenhuma atividade rolando pras crianças, então demos uma volta no primeiro andar vendo os brinquedos-relíquias da nossa infância. A lojinha do museu tem vários brinquedos clássicos bem legais. Julia nem viu o museu, pegou no sono no metrô ainda e dormiu o tempo que a gente estava por lá. Depois que o museu fechou decidimos ir pra estação de Waterloo, que era de onde todo mundo ia pra casa mesmo, e procuramos um restaurante pra jantar ali perto.

Acabamos comendo no Pizza Express que fica atrás do Royal Festival Hall, que recebeu super bem o grupo grande. A pizza não foi lá essas coisas, a pizza do Strada ali pertinho foi muito melhor e mais barata. A Julia resolveu provar azeitonas já que a Victoria estava comendo e gostou, só isso já valeu a experiência. Ficamos batendo papo e as crianças brincando super contentes, então a comida foi o de menos. As pizzas ficam entre 6 e 10 libras, e são individuais. A Julia comeu um macarrão do menu infantil mas não gostou, mas ela também não estava muito interessada na comida. Ficamos lá um bom tempo, as meninas babando no Jonas, e nos despedimos dos velhos (e novos) amigos já pensando em quando vamos voltar.

Continuando a viagem:
1o dia: Chegando em Londres
2o dia: Explorando Londres
3o dia: Covent Garden e Somerset House
4o dia: Here Comes the Sun
5o dia: Os guardas que não eram vermelhos
6o dia: Curtindo o Outono em Londres
7o dia: Greenwich com velhos (e novos) amigos
Londres: resumo de viagem

Outros posts como este em: Londres, Viajando, Viajando com Crianças

Próximo post: Post anterior:

{ 0 comments… add one }

Deixe um comentário

Site Meter