Roteiro na Legoland Flórida com crianças pequenas

Chegando ao último post da série de roteiros nos parques de Orlando, agora é a vez do roteiro na Legoland Flórida com crianças pequenas. A Legoland Flórida não fica em Orlando e sim em Winter Haven, uma cidade aproximadamente 1h de distância de Orlando. Nós já tínhamos visitado a Legoland Califórnia há alguns anos e estávamos em dúvida se valeria a pena visitar o parque da Flórida, que é bem parecido. Vai depender muito da idade dos seus filhos e do quanto eles gostam de Lego – os meus (Julia de 6 anos e Eric de 2 anos) gostaram bastante. Nós adultos é que não achamos tanta graça assim…

roteiro na Legoland Flórida: Eu, Julia e Eric chegando no parque, com uma chuvinha chata

Eu, Julia e Eric chegando na Legoland Florida, com uma chuvinha chata



A Legoland é um parque bastante infantil. Crianças pequenas (até uns 7-8 anos) vão aproveitar muito mais do que as crianças mais velhas, e arrisco dizer que os adolescentes vão achar chato a não ser que amem muito Lego (e eu amo muito Lego, tenho 3 caixas de Lego grandes que são minhas e estou guardando pra quando os meus filhos forem maiores!). Mas neste parque as atrações são bem calminhas, tem uma ou outra mais radical, mas nada que se compare aos parques da Universal, por exemplo. O público não é esse, eles realmente são mais focados nos pequenos (no site diz 2 a 12 anos). Surpreendentemente, pra um parque focado nos pequenos, tem várias atrações com altura mínima, então quem vai com bebê por exemplo, tem que ficar de olho (essa lista tem todas as atrações do parque com as restrições de altura).

Uma super árvore de Natal de Lego logo na entrada

Uma super árvore de Natal de Lego logo na entrada

Infelizmente a área Duplo Village, que eu queria muito levar o Eric, estava fechada para obras e vai reabrir dia 23 de maio de 2014 como Duplo Valley. Como visitamos no inverno, a área World of Chima também não foi aproveitada, porque tem atrações que molham (e muito) os participantes. Então a nossa visita não foi tão boa quanto poderia ser. Quem ouviu o podcast sobre os parques de Orlando sabe que tanto eu quanto a Ana concordamos que é melhor visitar a Legoland antes de visitar os parques da Disney, principalmente porque os shows na Disney são produções maiores. O que eu achei mais legal na Legoland: o show aquático, com acrobatas em jet-skis e esqui aquático, e os fogos de encerramento com música e óculos 3-D, que transformou os fogos em pecinhas de Lego! Isso sim foi muito bacana e diferente!

Não tem wi-fi grátis na Legoland Flórida, mas eles tem uma app oficial. Tentei usar a app mas achei bem fraquinha, principalmente porque o mapa não estava funcionando direito e a app acabava fechando sozinha inúmeras vezes. Não tem os tempos de fila, então você tem que ir na sorte mesmo. As filas no dia que nós fomos estavam bem grandes, por volta de 40-60 minutos, algumas atrações até um pouco mais. Na Legoland existe um passe como o Express dos parques Universal, você paga pra passar a frente nas filas (no dia que fomos, era $75 pra adulto e $65 pra criança além do preço do ingresso), mas não encontrei informação atual no site, então não sei se eles continuam oferecendo esse passe ou se eles não tem disponível o ano inteiro.

Lembrando que eu não listo todas as atrações do parque, para isso você pode ver o site oficial. E as atrações não estão listadas em nenhuma ordem específica.

Vamos as atrações, começando por Fun Town:

The Grand Carousel na Legoland

The Grand Carousel na Legoland

The Grand Carousel: um carrossel vintage de dois andares com os cavalinhos de Lego, claro (não feitos de Lego, mas com o mesmo visual dos cavalinhos que vem nas caixas de Lego). O Eric amou, a Julia não quis ir de jeito nenhum, vai entender. Essa fila estava rapidinha, uns 10 minutos no máximo, mal deu tempo pras crianças brincarem com os Legos na fila.

Fila com Legos pra brincar: na Legoland tem, claro!

Fila com Legos pra brincar: na Legoland tem, claro!

Eric adora um carrossel, não ia perder esse

Eric adora um carrossel, não ia perder esse

Factory Tour: esse tour foi bem decepcionante, explico o motivo: nós já fomos a Lego Discovery Centers nos EUA (em Chicago, em Dallas, não lembro se na Califórnia é assim também) e o Factory Tour nesses lugares tinha uma pessoa explicando o processo, participação das crianças, e no final toda criança ganhava uma pecinha de Lego “feita” naquela fábrica com o nome da cidade. Essa Factory Tour aqui não tem nada disso! Não tem uma pessoa narrando e explicando, não tem participação das crianças e nem a peça de brinde com o nome da cidade. Não entendemos por que…no momento está fechada para reformas, vou torcer pra eles reabrirem do jeito que são as Factory Tours que já visitamos.

Lego Factory, no momento fechada

Lego Factory, no momento fechada

Em Miniland USA: minha parte preferida do parque, com certeza, e provavelmente de todo mundo que gosta de Lego. Aqui tem as réplicas de várias cidades americanas famosas todas feitas em Lego, perfeitas! A atenção aos detalhes é tudo, fico um tempão apreciando o trabalho incrível que eles fizeram. Pros fãs de Star Wars, tem um monte de réplicas bacanas de naves e batalhas, com direito a movimento e luzes. A réplica do Kennedy Space Center tem lançamento de foguete e tudo, um barato. Todos os dias as 13h e de novo as 15h um Master model Builder está no local para explicar como foram construídos e curiosidades dos vários prédios da Miniland.

Kennedy Space Center na Miniland

Kennedy Space Center na Miniland

Miami Beach e seus prédios Art-Déco na Miniland USA

Miami Beach e seus prédios Art-Déco na Miniland USA

Millenium Falcon na Miniland USA

Millenium Falcon na Miniland USA

Em Lego Kingdoms, que é uma área com tema medieval, castelos, cavaleiros e dragões – achei essa área bem legal, me arrependi de termos explorado menos do que deveríamos mas as crianças não quiseram ir em nada! Vai entender o que passa na cabeça de uma criança nessas horas…

Gabe e Julia entrando no Lego Kingdom

Gabe e Julia entrando no Lego Kingdom

Royal Joust: a Julia já tinha ido nessa atração na Legoland California e adorado, foi correndo pra fila mas desistiu porque o Eric não poderia ir (idade mínima 4 anos e altura mínima 36 polegadas – aproximadamente 92 cm, idade máxima 12 anos). Um cavalinho daquelas competições medievais onde um cavaleiro derruba o outro com uma lança dá a volta em um circuito medieval, várias coisas feitas com Lego, claro.

Julia no Royal Joust da Legoland California

Julia no Royal Joust da Legoland California

Merlin Challenge: um trenzinho que fica dando voltas em círculo, subindo e descendo (bem baixinho). A altura mínima no site está 36 polegadas (aproximadamente 92 cm) então os dois poderiam ir, mas deram uma olhada e não quiseram ir de jeito nenhum.

The Forestmens Hideout: um playground imenso muito legal, que as crianças não repararam e eu deixei eles passarem direto pra gente ir pra outra parte do parque senão já não iam querer sair de lá de jeito nenhum. Mas como eles não fizeram nada nessa área, depois me arrependi de não ter dado uma passada nesse playground pra eles aproveitarem um pouco, mesmo se eu tivesse que arrancá-los de lá depois. Quando voltamos pra essa área estava escuro e não dava mais pra brincar (fecha quando escurece, não tem iluminação).

The Forestmen's Hideout playground

The Forestmen’s Hideout playground

O que eles fizeram nessa área, você me pergunta? Pintura no rosto! Crianças…A Julia que passou a gostar de pintura no rosto depois de 5 anos de idade, cismou que queria fazer uma pintura, e é claro que o Eric viu a irmã e entrou na onda. Custou $16 dólares a pintura dela, a dele foi uns $12, achei caríssimo mas eles quiseram pagar com o dinheirinho de compras que nós combinamos com eles para a viagem. Então tá, eles ficaram felizes e contentes com o resultado.

Julia ficou toda feliz com a sua pintura no rosto na Legoland

Julia ficou toda feliz com a sua pintura no rosto na Legoland

Na Land of Adventure, que tem o tema de “explorações”, de dinossauros ao antigo Egito, passando por safáris:

Julia e Eric na Land of Adventure

Julia e Eric na Land of Adventure

Pharao’s Revenge: um lugar que as crianças amaram mas eu estava zonza lá dentro com a quantidade de crianças correndo e bolas voando pra todos os lados. Tem uns canhões de ar onde as crianças vão colocando e atirando bolas de espuma e no meio tem um coletor de bolas que “explode” e todas as bolas voam em todas as direções. Estava lotadíssimo, uma loucura de crianças brigando pelos canhões e pelas bolas, mas a Julia achou aquilo extremamente divertido.

Pharaoh's Revenge: loucura!

Pharaoh’s Revenge: loucura!

Lost Kingdom Adventure: essa foi na minha opinião a melhor atração do parque. No mesmo estilo de Buzz Lightyear no Magic Kingdom e Toy Story Mania no Hollywood Studios, você passeia em um carrinho por dentro de escavações arqueológicas e vai atirando com laser nos alvos pelo caminho. É um ambiente escuro com luz negra, os esqueletos e as múmias fosforecentes, fiquei preocupada das crianças ficarem com medo mas os dois gostaram bastante e pediram pra ir de novo (não fomos, até porque a fila era imensa). A altura mínima é 30 polegadas (aproximadamente 77 cm).

Gabe, Julia e Eric em frente ao Lost Kingdom Adventure

Gabe, Julia e Eric em frente ao Lost Kingdom Adventure

Safari Trek: um passeio de carrinho pra ver os animais feitos de Lego. Esse eu achei beeem sem graça e as crianças acharam OK. Ainda bem que só fomos antes do parque fechar, quando não tinha mais fila (durante o dia estava em 1h!). A altura mínima é 34 polegadas (aproximadamente 87 cm).

Elefantes de Lego no Safari Trek

Elefantes de Lego no Safari Trek

Julia também quis brincar na “pescaria” pra ganhar um bichinho de pelúcia, se não me engano era 1 dólar pra brincar. Claro que o Eric quis também, vendo a irmã. Detalhe: a Julia ganhou um bichinho grande, mas ela queria um menor e pediu pra trocar – obviamente a funcionária trocou…

Julia "pescando" um prêmio

Julia “pescando” um prêmio

Na Lego City, que foi a parte que as crianças gostaram mais:

Big Test Live Show: um showzinho de comédia (leia-se crianças morrendo de rir e adultos não achando muita graça) com uma turma de bombeiros muito atrapalhada. Levou uns 20 minutos se não me engano, e é claro que eles molham as primeiras filas da platéia com a mangueira do caminhão de bombeiro. Como estávamos lá no inverno, só tinha uma criança sentada nas filas que molham, então o menino levou TODA a água na cabeça sozinho (mas ele queria isso mesmo, claro)!

Show The Big Test

Show The Big Test

Boating School: um passeiozinho de barco, que também estava com uma fila monumental de mais de 1h. O Eric ficou dormindo no carrinho enquanto esperávamos, só assim mesmo. As crianças foram com o Gabe, o Eric também entrou nesse por pouco, altura mínima de 34 polegadas (aproximadamente 87 cm). Eles curtiram, embora a gente não tenha achado que valeu a fila.

Gabe, Eric e Julia dirigindo o barquinho na Boating School

Gabe, Eric e Julia dirigindo o barquinho na Boating School

Ford Driving School: essa é a versão da auto-escola para crianças de 6 a 13 anos, tem uma outra versão para crianças de 3 a 5 anos. Como o Eric não podia ir em nenhuma das duas, aproveitamos que ele estava dormindo pra levar a Julia. As crianças assistem a um filminho falando sobre regras de trânsito e depois entram nos carrinhos para dirigir – tem que parar no sinal, dirigir nas pistas corretas, e na saída eles ganham um papelzinho que é a carteira de motorista (e você pode comprar uma personalizada com foto e tudo na loja, claro). Na atração pra crianças menores é só dirigir o carrinho, não tem essas regras de trânsito não. Julia adorou, foi a atração preferida dela. O melhor: a fila estava super rapidinha!

Julia na Ford Driving School

Julia na Ford Driving School

Escolinha dos pequenos

Escolinha dos pequenos

Rescue Academy: um “jogo” onde cada família pega um carro de bombeiro, “dirige” até os prédios em chamas, “apaga” fogo e dirige de volta. O Eric entrou por pouco, a altura mínima é de 34 polegadas (aproximadamente 87 cm). Nem a Julia nem o Eric entenderam muito bem o que tinham que fazer, eles ficaram assistindo como se não estivessem participando, e eu e o Gabe fazendo tudo e tentando mostrar pra eles como fazer…enfim, foi meio confuso!

Rescue Academy: esses carros são ruins de sair do lugar!

Rescue Academy: esses carros são ruins de sair do lugar!

Não fomos em nenhuma atração da Imagination Zone, que é pra quem quer mesmo sentar pra construir coisas com Lego (e tem workshops em horários marcados, inclusive com Lego Mindstorms e outras atividades mais avançadas).

Imagination Zone Legoland

Imagination Zone Legoland

Pirate’s Cove: aqui é onde tem o show aquático, uma arquibancada enorme com vista para o lago e o palco do show. O show é um daqueles clássicos bonzinhos x piratas, o legal são as “perseguições” aquáticas com acrobacias em jet-skis e esqui aquático. Muitos oooohs e aaaaaahs da platéia a cada manobra perigosa. Desse show todos nós gostamos!

Piratas acrobatas no show em Pirate's Cove

Piratas acrobatas no show em Pirate’s Cove

Que tal essa pirâmide humana sobre esquis?

Que tal essa pirâmide humana sobre esquis?

Passamos pela Lego Technic, que tem as atrações mais “radicais” do parque e justamente por isso os meus pequenininhos não se animaram a ir em nada não.

Aquazone na Lego Technic, não fomos

Aquazone na Lego Technic, não fomos

Countdown to Kids New Years Eve: de 26 a 30 de dezembro e também no dia 31, você pode assistir a queima de fogos com muita música no final do dia. Eles entregam óculos 3D pra todo mundo, e os fogos viram pecinhas de Lego. Foi bem legal, gostamos muito da nossa primeira experiência de fogos 3D! (ainda vou colocar o vídeo aqui)

Christmas Bricktacular: várias atividades especiais durante a época do Natal, incluindo uma árvore de Natal imensa toda feita de Lego e cenas natalinas espalhadas pelo parque, onde a família inteira pode tirar fotos pra guardar de lembrança de toda aquela neve na Flórida ;-)

Foto de família com Papai Noel e suas renas de Lego, mas sem neve!

Foto de família com Papai Noel e suas renas de Lego, mas sem neve!

Comida: nós almoçamos no Market Restaurant que fica logo na entrada do parque e é o que tem mais variedade de comida. Não fiquei muito impressionada com a comida, estava razoável – o Gabe pediu uma carne asiática com legumes e arroz, eu tomei uma sopa com salada e as crianças comeram mac and cheese. Tem uma “cozinha” cheia de Legos pras crianças brincarem dentro desse restaurante. Mesmo esse restaurante é ainda um fast food, você pega uma bandeja, vai passando nas diferentes estações e pegando a comida, paga no final e aí procura mesa. Os demais restaurantes do parque servem mais lanches, com pizzas, cachorros-quentes e afins.

Almoço no Market Restaurant

Almoço no Market Restaurant

Julia e Eric brincando de Lego no Market Restaurant

Julia e Eric brincando de Lego no Market Restaurant

Informações úteis: atualmente (abril de 2014) os ingressos pra 1 dia custam $84 pra adulto e $77 pra crianças e idosos, mas você economiza $15 comprando antecipado pela internet. O estacionamento custa $14. Pra ver os horários de funcionamento do parque, clique aqui.

Agradecemos a Legoland Florida pelos ingressos cortesia.

Pronto para fazer as suas reservas?
Agora eu sou agente de viagens e posso montar a sua viagem pra você, dá uma olhada!
Se você quer fazer tudo sozinho, reserve o hotel comigo pela parceria do blog com o Booking.com: veja todos os hotéis em Orlando e todos os hotéis em Kissimmee (vale para qualquer hotel em qualquer cidade que você reservar com o Booking.com através aqui do blog).
E se for precisar de carro para alugar, somos parceiros do Rentalcars.com, que é do mesmo grupo de empresas do Booking.com e tem os melhores preços.
Se tiver alguma pergunta, é só entrar em contato comigo. Muito obrigada!

Outros posts como este em: Flórida, Orlando, Viajando, Viajando com Crianças

{ 3 comments… add one }

  • Murdock 06/05/2014, 14:31

    Ola Luciana, td bem?

    Ja tem tempo que te sigo no TT e sempre leio seus posts e suas dicas tambem publicadas no Aprendiz de Viajante.

    Agora estou com uma duvida: assim como vc, sou Legomaniaco. Vou aos USA em agosto e pretendo voltar ao Brasil cheio de Lego na mala – ja que aqui o preco eh absurdo. A minha duvida eh sobre o preco nos USA. Onde eh mais barato comprar Lego? Na loja da Legoland? No Wallmart? Toy r Us? Ou outra loja que vc recomendaria?
    Muito legal sua parceria. Com certeza quando for fechar hotel e carro usarei seu link.

    Obg

    R.M.

    In God we trust!

    Responder
    • Luciana Misura 06/05/2014, 14:41

      Obrigada! :-) Olha, preço de Lego não varia muito não. Eu vejo na Target umas promoções de vez em quando mas que tipo de Lego você vai comprar? Se eu fosse você procuraria na Amazon, e comparava preços com Walmart, Toys’r’us e Target, que são lojas que você consegue ver os preços pelo site. Acho muito difícil que na loja da Lego vendam mais barato que nesses lugares, a não ser que eles tenham cupons de desconto (valeria a pena se cadastrar pra receber as ofertas por email, de repente eles mandam cupom de 20% como as lojas de roupa fazem por exemplo).

      Responder
  • Murdock 07/05/2014, 7:59

    Ola Luciana!

    Muito obrigado pela pronta resposta, pela indicao das lojas e a dica do cupom de desconto (nao tinha me ligado nisso :) )

    O Legos que pretendo comprar sao especialmente os tematicos, de Game of Thrones, Senhor dos Aneis, Star Wars e outros para minha sobrinha.

    Obrigado mais uma vez.

    R.M.

    In God we trust!

    Responder

Deixe um comentário

Site Meter